Um sistema de incêndio é responsável pela monitorização de vários compartimentos de um edifício/local.

No caso de ser detectado uma ocorrência, seja por detectores automáticos ou por via manual, esta é enviada para a central que por sua vez envia sinais de alerta para dispositivos visuais, sonoros ou mistos.

Os sistemas de detecção de incêndio podem ser convencionais endereçáveis.

 

Sistema Convencional

O sistema convencional é um sistema ideal para pequenas instalações, sendo o de mais baixo custo.

Basicamente consiste em dividir o local em zonas e associar um conjunto de detectores a cada zona.

Em caso de ser detectada uma ocorrência, a central identifica qual a zona e todos os dispositivos de alerta irão ser accionados.

 

Sistema Endereçável

O sistema endereçável é um sistema mais adequado a médias e grandes instalações.

Neste caso, todos os dispositivos têm associado um endereço e estão ligados a um circuito em loop.

Em caso de ser detectada uma ocorrência, a central identifica exactamente qual o dispositivo que foi accionado e que acções tomar.

Desta forma é possível saber com exactidão como e qual o compartimento que despoletou a ocorrência.

Outra vantagem importante deste sistema, é a possibilidade de enviar e receber informação de dispositivos externos á detecção de incêndio, como por exemplo, Portas Corta-Fogo, Elevadores, etc.

1/3
1/8
1/5
SIGESP - Licença n.º 26